quinta-feira, 30 de julho de 2009

A nova vida do Preto Cabeçudo

Depois de quase três meses de colar isabelino ao pescoço, pomadas para a pele, sprays, injecções, "banhos" de chás de malvas, anti-fúngicos, pingos para os olhos, pomada para os ouvidos, diarreias e vomitados, finalmente o bichano está melhor, deixou o colar e parece que ganhou um novo ânimo. Além disso, já começou a tomar o anti-viral, ao qual tem reagido muito bem, sem manifestações secundárias. Está, portanto, em condições de ser adoptado. Enfim, era uma piada. Quem é que quer adoptar um gato velho, meio desdentado, meio surdo, cego de um olho e com sida, que precisa de tomar anti-viral semana sim, semana não, sendo que na semana sim, a dose é diária? Respondo já: ninguém. Ninguém vai querer adoptá-lo. E, fazem mal. Porque o Preto Cabeçudo é muito tranquilo, meigo, adora dar-nos marradinhas e aninhar-se em alguma parte do nosso corpo.
E, neste virar de página da vida dele, é justo agradecer a todas as pessoas, que de uma maneira ou de outra contribuiram para salvar o bichano e proporcionar-lhe algum conforto e qualidade de vida, no final da sua vida, que se calhar ainda vai ser daqui a muito tempo. Oxalá! Apesar de algumas pessoas que vou referir não terem, nem computador, nem internet, cá vão na mesma os seus nomes. Então, os agradecimentos vão para a Carmo, a Carla, O Carlos, o Casal Neves, a Fernanda, o Luís, a Maria João, a D. Rosa, eu própria, e ainda os veterinários da VetAmérica __Francisco, Marta e Rita__ pelos preços especiais, pelas facilidades de pagamento, pelo interesse e empenho. A todos, o Preto Cabeçudo agradece.
P.S. Aquela coisa à direita da foto, é a minha perna direita, onde o bichano está às marradinhas e se quer aninhar...

8 comentários:

Luisa Moreira disse...

Que ternura!!! Ainda bem que ele está a reagir bem, ao tratamento.
O veterinário onde vou, opera e trata animais da união zoófila, como esta entidade não tem dinheiro para pagar, ele tem um mealheiro em cima do balcão da recepção para as pessoas colocarem lá dinheiro, e assim ser ressarcido da dívida da UZ. É um estafermo, já lá vou há muitos anos, e vou pelos veterinários que lá trabalham e não pelo dono.

Zoe disse...

quem é o estafermo????

porque sei que pessoas da uz pagam ou pagavam do seu próprio bolso internamentos em hospitais, nomeadamente no de s.bento

Luisa Moreira disse...

Pois pagam quando há dinheiro, quando não há recorre-se a veterinários. Eu discuti tanto, só não fiz mais porque o meu marido não me deixou.

É da Clínica João XXI, Francisco Assis.

Zoe disse...

já suspeitava que era ele o estafermo...

WOLKENGEDANKEN disse...

O gatinho tem um aspecto simpatico !

Zoe disse...

é simpático e muito, muito meiguinho...

Zélia disse...

Olá Zoe!!
Fiquei contente de saber novas do Cabeçudo!! Ainda bem que está a melhorar!
Beijinhos!

Zoe disse...

oi zélia
que é feito? já foste a londres?
pois é, o preto cabeçudo está demais, é só marradinhas e ronrons, é claro que vou ficar com ele...