quinta-feira, 23 de julho de 2009

Injecção cósmica

As minhas colegas andam muito inspiradas. Depois da metáfora do buraco negro da Dora atribuída ao interior das malas das gajas, foi a vez de a Ana se sair com a necessidade de ter levado uma injecção cósmica, depois de um momento de desfalque de energia.É que apesar de andar por aí tudo a borboletar na silly season, para nós, que trabalhamos com estrangeiros, é mais a heavy season. Daí que, de vez em quando, tenhamos os nossos momentos de quebra de vigor. Eu cá ando sempre a precisar de injecções cósmicas, principalmente de manhã, quando tocam as trombetas de Jericó.
Quanto à Isabel, saiu-se com uma expressão que não ouvia há anos:"Nem que chovam canivetes"

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

conhecia a expressão " è um espirra canivetes", agora eesa versão para mim foi novidade.

Zoe disse...

mas tem de concordar que é uma expressão bem divertida!