segunda-feira, 20 de julho de 2009

Cadelas pisteiras

Apesar dos olhos semi-cerrados pelo calor e dos ouvidos parcialmente encerrados para os poupar de tanta idiotice que ouço por esse mundo fora, ainda assim é possível ver (escreverei mais tarde sobre o que vi este fim-de-semana na praia) e ouvir coisas absolutamente inenarráveis.
Ontem, ao final da manhã, numa avenida pseudo-burguesa da capital, arrebitei os ouvidos para a conversa de um casal trintão com um velhote. O homem __com a chamada cara de parvo__, segurava a trela de um cooker (acho eu) preto e branco que dava pelo nome de Rafa. Pelo que percebi, este tinha-se exaltado furiosamente com alguém a quem tinha também furiosamente ladrado. Explicava a mulher__qualquer coisa entre o ignaro e o burgesso__, colocando a voz para dar um ar autoritário:
__ É que o Rafa não suporta nem cheiro a tabaco, nem cheiro a drogado!! E, aquele ali cheirava a drogado!!!
Fiquei pasma. Coisa inaudita. O que uma pessoa aprende! Eu conheço o cheiro a pão, a rosas, a lexívia, a torradas, a sonasol, a frango assado, a sardinhas, a chanel 5, a chichi de gato com cio, a bolo acabado de fazer, a ananás, a morangos. Agora cheiro a drogado, desconhecia, como será???
O que é pena é a GNR não contratar esta senhora para cadela pisteira, é um verdadeiro desperdício.

6 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Para não me irritar com diálogos e comportamentos sui generis, não vou à praia no Verão. E muito menos ao fim de semana. Livra!

Anónimo disse...

Relativamente a essa senhora, dona do cão só digo que Ela lá sabe qual é o cheiro dela...

Zoe disse...

carlos, é a decisão mais sensata...
eu cá devo ser masoquista...

Zoe disse...

caro anónimo
já ouvi muita coisa na vida agora aquela foi a primeira vez!!!!!!!
nem sei a que é que ela se referia- erva? haxixe?

Luisa Moreira disse...

Quem não é como ela, cheira a droga. Ontem andei de autocarro, um senhor sentou-se ao meu lado, cheirava tão mal, tão mal que me agoniei. Pergunto, seria cheiro a droga?:))))

Zoe disse...

a intolerãncia tolda a visão e escurece o espírito, fica tudo baço, distorcido...
eu conheço um que toma banho todos os dia se me mete nojo...