sábado, 20 de junho de 2009

Rentes de Carvalho e a Maria Fernandes


Se há pessoa que eu gostaria de contactar é o escritor Rentes de Carvalho. Mas, o seu blog não tem caixa de comentários, nem qualquer endereço e-mail para onde se possa escrever. Assim, como ele já veio à minha estepe, pode ser que cá venha outra vez e que me contacte. É a minha esperança.

Em primeiro lugar queria perguntar-lhe onde posso ainda comprar "Com os portugueses", esgotado em edição. Ou se vai reeditar, ou qualquer coisa do género. Pode ser que ainda exista nalguma pequena livraria ou alfarrabista, e ele saiba.

Em segundo, Rentes de Carvalho, ontem, no seu blog Tempo Contado comentou sobre a identidade do fado. No post com o título "O fado já não é só nosso", ele fala de uma cantora holandesa, que canta fado em frísio e depois comenta sobre a "minha" Liesbeth, sobre aquele vídeo que há 5 dias atrás aqui publiquei, onde ela intrepretava Pinoia. Pois bem, diz ele:

«Nesta outra interpretação [a da Liesbeth] a cantora é bem portuguesa, faz os trejeitos adequados, mas causam-me espécie os guitarristas. É que guitarrista autêntico quer-se franzino, de fato preto e gravata a condizer, moreno, cabelo de azeviche, com o rosto magro e mal disposto das noitadas. Estes aqui, em traje de férias, além de loiros e nutridos têm modos de jazz! E riem!» em "Tempo contado", 19 de Junho.
Ora, em abono da verdade tenho de tecer alguns comentários:
1- sr. Rentes de Carvalho, a fadista a que se refere não é "bem portuguesa", aliás ela não tem um único pingo de sangue português. Maria Fernandes é o nome artístico de Liesbeth Pieterse van Heijningen, filha, neta, bisneta de holandeses, nascida, criada e casada (com um holandês) em Alphen a/d Rijn, onde vive e trabalha. Conheço-a. Sou amiga dela. Fui ao casamento dela na Câmara Municipal de Alphen a/d Rijn. Conheço toda a família dela. O cão e os dois gatos. São todos holandeses.
2- relativamente à banda que a acompanhava, Os solitários, não são meus amigos, mas conheço-os bastante bem, pelo menos o suficiente para poder fazer algumas rectificações, então:
- eles não são louros, há um único louro, já com brancas, o Hans, o que está situado ao meio. O Remus, à direita, tem o cabelo quase todo branco, e o Jeroen, à esquerda, tem o cabelo grisalho.
- o único nutrido é o Remus, à direita, mas como é muito alto não se nota a boa nutrição. Os outros são magros, aliás, o Jeroen, à esquerda, é como o sr. acha que um guitarrista deve ser: magro e franzino, e acrescento eu, inquieto e desassossegado e mal-disposto, mas não sei se é das noitadas ou não.
- traje de férias???? desculpe lá, mas não estão todos vestidos de preto, como sr. acha que devem estar? traje de férias é puro engano. Se há aspecto que a Liesbeth priveligia e cuida com toda a atenção é o lado estético dos espectáculos. Os seus vestidos de cena, sóbrios e de muito bom gosto, flutuam entre o Adolfo Dominguéz e a Purificacion Garcia, e fazem parecer os vestidos do João Rôlo ainda mais parolos do que aquilo que são.
- os guitarristas riem?? na Pinoia, o Hans, o louro, ao centro, não ri, sorri, mas digo-lhe que já vi fadistas portuguesas em casas de fado a sorrirem enquanto cantam e não foram presas por isso!
E, finalmente considero que o fado não é nenhuma patente registada no INPI. O fado é de quem o sentir.
Na próxima vez que a Liesbeth vier a Lisboa, convidá-lo-ei a vir ouvi-la, pois ela vai sempre cantar a algum lado...
P.S. Como há cinco dias vos presenteei com Pinoia, hoje cá vai Cravos de Papel, no mesmo concerto.

4 comentários:

Luisa Moreira disse...

Belo comentário! Zoe.

Gosto imenso da voz dos guitarristas e das posturas!

Zoe disse...

obrigada luísa
helas, os solitários já não existem, só ficou o hans,o louro do meio.

Pouca Sombra disse...

Oi Zoe,

Adorei de ler a tua defesa de Maria Fernandes. Ela mereçe mesmo de ter defendido. Apesar de ser Holandesa ela canta muitisimo bem o fado.
(provavelmente o sr Rentes de Carvalho acha k nao posso julgar bem isto porque tal como a Maria sou 100% Holandesa).

Beijos da Jolanda (outra amiga da Maria, nos encontreimos um outro em Lisboa e no casamento dela)

Zoe disse...

olá jolanda!
como estás? claro que me lembro muito bem de ti! continuas a viver na holanda ou regressaste a portugal? a bebé como está?
o sr.rentes de carvalho acha que o fado é "nosso", como se fosse uma patente!!!!
fui visitar o teu blog, mas está todo em holandês!!
beijinhos para todos