domingo, 11 de abril de 2010

Cidades da minha vida: Santiago de Compostela

Foto tirada da Internet
Só agora estou a responder ao desafio que o Carlos Barbosa de Oliveira de cronicasdorochedo nos lançou para escrevermos algo sobre cidades que nos tocaram ou comoveram ou que tenham, para nós, qualquer coisa de especial. Escolhi Santiago de Compostela por ela estar indelevelmente ligada à minha saúde e também à minha carteira...Então, em Novembro de 2003 fui passar um fim-de-semana a Santiago. Contrariamente ao que sempre acontece na Galiza, não estava a chover, o céu estava azul e o sol quentinho. Visitámos a Catedral, respeitei e cumpri os rituais e tradições, coloquei a mão direita na coluna do pórtico da Glória, dei três cabeçadas numa estátua e abracei a imagem do Apóstolo que preside à nave central. Passeámos pelo centro histórico, comprámos as nossas lembranças, tudo estava a correr às mil maravilhas, nada fazendo prever que no dia seguinte, no domingo, mal me conseguisse levantar, assolada por violentas dores de costas, pernas e garganta. Dores estas que não me largaram durante todo o mês de Novembro, não conseguindo nem comer, nem beber, nem deglutir fosse o que fosse incluindo o fumo do cigarro, tendo então agoniado e intolerado o tabaco, até hoje. Quando me perguntam: Quando é que deixaste de fumar? Comecei a deixar de fumar em Santiago de Compostela. Fui lá passar um fim-de-semana e no domingo...", já sabem o resto da história. 
Um dia, hei-de dar-me ao trabalho de fazer as contas, com as devidas actualizações dos aumentos do tabaco, de quanto eu poupei desde então. Por alto acho que já dava para comprar um carro, em segunda mão, claro. Bem, só me esqueci de dizer que fumava um maço de Lucky Strike por dia. 
E, tudo haveria de começar em Santiago de Compostela...  

21 comentários:

Luisa disse...

Abençoada viagem, Zoe.

Peço desculpa, mas não suporto o fumo.

Zoe disse...

Viva Luísa
É o adjectivo adequado: abençoada, mas a posteriori, pois naquele domingo em Santiago nem me conseguia levantar!
Chegou a ir à Marcha?
Beijinho
Zoe

P.S. A Luísa nunca fumou, ou fumou e deixou de fumar?

Zoe disse...

Viva Luísa
É o adjectivo adequado: abençoada, mas a posteriori, pois naquele domingo em Santiago nem me conseguia levantar!
Chegou a ir à Marcha?
Beijinho
Zoe

P.S. A Luísa nunca fumou, ou fumou e deixou de fumar?

César Ramos disse...

Olá Zoe!

Afinal, volto a acreditar em milagres...!

Não é o dinheiro que se deve contabilizar, mas a qualidade de vida!
Apesar da indisposição geral, é muito interessante ter nascido ali a repulsa pelo tabaco!

Não sou nenhum santo, também fui - o que é curioso - um "adorador" de Lucky Strike!

[até os mandava vir de fora, porque aqui escasseavam]

Um dia, sem a "mínima via sacra", deu-me na pinha de acabar com aquilo!

Tinha tido a "iniciação" já aos 24 anos, que é que eu andava a fazer a emitir sinais de fumo em prejuízo da prática dos meus desportos?
Foi uma decisão de dentro para fora! Na hora! Até hoje! Há 30 anos!
No entanto, não sou fundamentalista! Não voto ninguém aos ostracismo por fumar.
Devagarinho, faço força para que aprendam a não ter vontade disso!

Posso passar a recomendar aos viciados uma
ida a Santiago de Compostela!

Por lá levei, foram violentas chuvadas! Um dia parecia um maluquinho, sem chapéu, mas com a touca de banho do hotel metida na cabeça! Foi a maneira de aparecer decente numa reunião, caso contrário, parecia que tinha saído da piscina!

Votos de uma boa semana

César

Zoe disse...

ai César já me fez rir com a touca de banho a correr por Santiago!!!

os Lucky Strike tinham tchan como diz uma amiga, aliás eram a marca preferida da escritora Colette...
boa semana também, sem corridas com toucas de banho na cabeça...
zoe

WOLKENGEDANKEN disse...

Bom, para mim isso soa mais a uma alergia violente que deu excelentes resultados !! Respeitando as crencas de outras pessoas nao vou fazer teorias contra o que podia ter sido a alergia :))

Mas é verdade, há sitios assim que significam muita coisa para uma pessoa ......

Para mim Santiago de Compostela é o sitio onde renovavam a fachada da catedral quando eu passei por ali.Teria gostado imenso ver esa fachada fantastica.Mas por admiracao pela arquitectura romanica. A minha antipatia contra a institucao da igreja pelos vistos é mutua: tinham de renovar essa fachada precisamente no momento que eu ...... enfin

Zoe disse...

olá Wolken

de facto muitas intrepertações têm sido avançadas para o estranho fenómeno: as místicas, as religiosas, as emocionais, as biológicas, as "Deus escreve direito por linhas tortas", as "há males que vêm por bem", quanto às científicas ficaram-se pelos virus...as viroses,que é onde tudo cabe quando não há respostas imediatas...

quanto à fachada em obras, isso foi mesmo "amor com amor se paga"...estava a brincar...mas, vale a pena lá voltar, e a Galiza é linda!
beijinho sem fumo...
zoe

Viagens Lacoste disse...

Nas minhas duas visitas a Santiago não deixei de fumar mas também não comecei :)

Zoe disse...

Boa noite Hugo,
Foi a Santiago, mas abraçou o Apóstolo, deu as três cabeçadas...? bem, estava a brincar, penso que o que apanhei lá foi um virus qualquer que não me queria largar!!!!!!!
Cumprimentos
Zoe

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Olá Zoe
Antes de mais, muito obrigado por participar no passatempo. Também gosto muito de Santiago e este ano,, claro, não quero falhar uma ida até lá, por razões óbvias.
estou a publicar um post diário dos participantes, por ordem de chegada. O seu entrará na próxima semana, a 20 ou 21, agora não tenho a certeza.
Espero que não se importe com o atraso, mas parece-me preferível publicar um por dia, porque dá mais visibilidade. Está de acordo?
Mais uma vez, muito obrigado

redonda disse...

Vi até aqui pelo comentário no Crónicas do Rochedo.
Gostei do texto sobre Santiago. Já estive na cidade algumas vezes gostei sempre e agora fiquei a conhecer uma história-milagre :)

Zoe disse...

boa noite Carlos,
Eu é que lhe agradeço ter tido esta ideia e ter-nos lançado este desafio.
Quanto ao resto estou de acordo com tudo, eu que é que tenho andado toda trocada e atrasada com a doença da minha gata, a viagem a Praga,a Marcha pelos animais, o dia-a-dia, enfim, qualquer dia entro na normalidade, seja lá o que isso for.
cumprimentos
zoe

Zoe disse...

Olá Redonda
Obrigada pela visita e pelo comentário. Também já tinha ido ler o seu texto sobre as suas cidades, só que fui mais tímida e não deixei comentário!
Quanto a Santiago, embora tudo aponte para um virus malvado, ele tem o seu quê de sobrenatural...
cumprimentos
zoe

Vagamundos disse...

Depois de ler o teu relato já temos mais um motivo para ir a Santiago: largar as chuchas :)
Beijinhos

Zoe disse...

oi Vagas
Mas, uma vez na catedral não se esqueçam das três cabeçadas e do abracinho no Apóstolo...
beijinhos
zoe

ematejoca disse...

Como nunca fumei não preciso de visitar Santiago de Compostela...
Só não compreendi a razão das suas dores de costas.
O milagre foi deixar de fumar ou porque se curou de certa doença relacionada com essas dores?

Saudação de Düsseldorf!

Turmalina disse...

Zoe querida...já estava com saudades de vir aqui.Ando numa correria insuportável...mas sei que terei férias inesquecíveis no começo do ano que vem.Já muito me perguntei se quero ou não conhecer Santiago de Compostela.E ainda não resolvi, ainda mais depois do seu texto :o)
Bjossssss
P.S. O primeiro cigarro que provei, aos 12 anos, foi Ella, que vinha com florzinhas no corpo do cigarro.Logo em seguida parti para um visual mais arrojado e tinha sempre como companhia uma caixinha de John Player.Já na faculdade passei para o Marlboro ee ntão aos vinte e poucos anos parei.

Zoe disse...

cara Ematejoca
Até hoje o que se passou foi um mistério. Apesar das explicações místicas e religiosas, a médica adiantou tratar-se de um virus, que é onde tudo cabe...
Quanto às dores nas costas, de vez em quando ainda as tenho,ainda não me largaram...
Como está Dusseldorf?
Cumprimentos
Zoe

Zoe disse...

Querida Turmalina,
tenho seguido a sua correria
Bem, então as férias inesquecíveis vão passar pela Europa??
Depois temos de nos encontrar!
Parou de fumar de um dia para o outro, com tratamentos, com força de vontade, com esforço, sem esforço?
beijinho

Zoe disse...

Querida Turmalina,
tenho seguido a sua correria
Bem, então as férias inesquecíveis vão passar pela Europa??
Depois temos de nos encontrar!
Parou de fumar de um dia para o outro, com tratamentos, com força de vontade, com esforço, sem esforço?
beijinho

Zoe disse...

Querida Turmalina,
tenho seguido a sua correria
Bem, então as férias inesquecíveis vão passar pela Europa??
Depois temos de nos encontrar!
Parou de fumar de um dia para o outro, com tratamentos, com força de vontade, com esforço, sem esforço?
beijinho