domingo, 18 de abril de 2010

Crónicas de Estrasburgo...

Boas notícias para a comitiva presidencial que está acampada algures: a ministra Ana Jorge e a fadista Kátia Guerreio juntaram-se hoje ao grupo. Assim, a primeira pode tratar das dores musculares, das dores de cabeça, das noites mal dormidas, enquanto a fadista canta: "...tudo isto é triste, tudo isto é fado..."
Moral desta história toda: poeiras e nuvens vulcânicas não se compadecem, ___nem um bocadinho___, com presidentes, primeiras damas, empresários de sucesso ou sem sucesso, assessores, elementos da casa civil e por aí adiante.

P.S. Acabei de saber que esta coluna nem sequer vai almoçar a um restaurante para não perder tempo e estar em Barcelona o mais rápido possível e vão fazer uma espécie de piquenique ao ar livre. Cuidado é com as formigas, porque elas também se estão a borrifar para presidentes.

4 comentários:

César Ramos disse...

Pois é:
- Poeiras e nuvens vulcânicas não se compadecem com estas individualidades
e muito menos as formigas!
E é simples o porquê: tudo isto afinal, com vulcões ou não... é tudo... 'só fumaça'!

Um abraço, e espero que o presidente não esteja desta vez, muito "preocupado"!

César

Zoe disse...

Eu no post estva a brincar, mas penso seriamente que a natureza se anda a vinagar das maldades que o homem insiste em cometer contra ela.
abraço
zoe

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Como já escrevi lá no CR, esta viagem fez-me lembrar a Viagem do Elefante do Saramago.

Zoe disse...

Que viagem mais surreal!