quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Arletty dans Hotel du Nord

Antes que o meu botão de arranque __que teima em arrancar__, amue de vez, não posso deixar de expressar a minha indignação por este gravíssimo ataque à liberdade de expressão e comunicação que foi a suspensão desse farol do jornalismo português que era o jornal nacional e bla bla bla bla bla bla bla levado a cabo pela influência política do governo de josé socrates junto da prisa dominada pelo psoe bla bla bla bla bla no intuito de fazer apagar o farol bla bla bla bla bla tudo tão linear, tão óbvio, para além de paulo portas já "ouvi" ou melhor li 324 pessoas a dizer o mesmo.
então, assim sendo a que propósito é que vem esta cena do hotel du nord? é uma metáfora. arlety seria o governo de josé socrates, enquanto que louis juvet assume o papel de povo português que sofre de "asfixia democrática". Atmosfera! atmosfera!
Metáforas à parte, hotel du nord, é um belo filme de marcel carné, de 1938.

4 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu escrevi em sentido diverso. Não digo contrário, mas pelo menos numa persepctiva diferente.

Zoe disse...

boa tarde carlos
não sei se me exprimi bem, é que quando referi a minha indignação, estava a ser irónica, pessoalmente acho que foi tudo muito bem encenado para prejudicar josé sócrates e o governo

Zélia disse...

Eu concordo contigo, Zoe! É tudo para prejudicar o PS. A poucas semanas de eleições legislativas nenhum partido interessado em ganhá-las teria este tipo de atitude...não é preciso ser um perito em campanhas eleitorais para perceber que seria um suicídio político!
Acho a Manuela Moura Guedes uma péssima pivot de notícias. Um jornalista deve, acima de tudo, informar com imparcialidade! Ela faz precisamente o oposto.
Não acho que deveria ser afastada da tvi, mas deveria ter o seu próprio programa onde pudesse expor as suas opiniões e ódios de estimação...é para isso que servem os programas de opinião e não os telejornais!

Zoe disse...

podes crer zélia. isto foi muito bem montado,muito bem orquestrado para prejudicar o governo sócrates, e ainda por cima a MMG sai como vítima e mártir nesta história.é preciso ser muito básico para dizer que a suspensão do JN foi decretada pelo governo sócrates, mas pessoas nada básicas fazem passar esta mensagem num intuito nada inocente...