domingo, 2 de maio de 2010

Dia da Mãe

As pessoas só morrem quando deixam de existir na nossa memória


5 comentários:

César Ramos disse...

Zoe,

E aqueles que, por insensíveis se acharem por bem deixar que as pessoas morram dentro de si..., poderão estar cientes de que se ainda respiram não é por terem vida; são já zombies erráticos!... mais erradios, do que qualquer outra alma danada desprovida de memória.

Este 'portal' que nos mostra, passagem que há quem diga que separa, eu acho que une os que ainda estão e os que já partiram (...)
Respeito muito, compreendi, e fico solidário com a grandeza que a levou a deixar-nos esta sua expressão de sentimento e carinho.

Um Abraço.
César

Zoe disse...

Obrigada César

Mab disse...

Olá Zoe,
bem verdade, é na nossa memória que podemos visitar quem está longe.

Zoe disse...

e enquanto os visitarmos eles existirão.

Turmalina disse...

Zoe, eles sempre existirão em nossos corações...
Bjos